Arquivos



bandeira-do-brasil-8A Copa começou, a seleção brasileira venceu o primeiro jogo, empatou o segundo e venceu o terceiro. É lider no seu grupo. E  as partidas prosseguem. Seja o que Deus quiser, mas conforme prega o incrível Kajuru, do Canal Esporte Interativo, está tudo “certo e arranjado” para o Brasil. A taça já é nossa e queremos ver para crer.

É bom lembrar que, após a Copa, haverá a preparação para as Olimpíadas de 2016. É fatal lembrar também das lágrimas de Lula e Pelé, emocionados com a escolha da Cidade Maravilhosa.

Que me desculpem os apaixonados pela ideia, os entusiastas do fato e os extremamente patriotas, mas faço coro com os que não veem com muito otimismo a escolha do Rio de Janeiro como sede das olimpíadas em 2016.

Sabemos que há uma visão nada sentimental de empreiteiras e construtoras ávidas em participar de mais este evento. Como será gerido o dinheiro público para os investimentos, para a construção da Vila Olímpica? Sugiro uma conta aberta, na internet, propiciando aos brasileiros com acesso à rede poder ajudar a administrar.

Fervorosamente, convoco os economistas, os bons contadores e contabilistas, os homens e mulheres inteligentes deste país, com vocação para a honestidade …




pés na areia

Em tempos de Copa Mundial de Futebol, o pé é o que conta de verdade. Pois é com o pé que ganham ou se perdem partidas de futebol e eventualmente a Copa.

Entretanto, se algum extra-terrestre viesse à Terra e reparasse como os humanos tratam os pés, suspeito que ficariam escandalizados. Parece que os consideram a parte menos nobre do corpo pois os escondem. Pior, tentam sufocá-los com um pedaço de pano, chamado de meias. Depois estrangulam-nos com algo mais duro, de couro, os sapatos. E não contentes, amarram-nos com finas cordas, os cadarços, para se assegurar que não vão se libertar. E por fim, colocam todo o peso do corpo em cima dos pés, obrigando-os a cheirar o pó dos caminhos, a sofrer a dureza das pedras, a sentir o mau cheiro de tanto lixo jogado no chão.

Mas essa interpretação dos alienígenas é exterior e equivocada. O que fazemos aos pés é cuidar deles, pois constituem nosso meio natural de transporte. Mais ainda, os pés são o sinal mais covincente de nossa hominização. Deixamos para trás o reino animal quando nossos ancestrais antropóides se ergueram sobre os pés e começaram a andar eretos, a ver longe, permitindo o




carpinejarÉ me acomodar no avião e já adormeço. Nem espero o comissário fechar as portas.
Durante conexão de Galeão para Salgado Filho, escorado na janela, pronto para babar, escuto uma mulher chorando na poltrona da frente.
Sempre vou acordar quando ouvir uma mulher chorando. Meu sono não resiste a mulher chorando.
Ela soluçava ao telefone:
– Você disse que a gente moraria junto depois que terminasse seu treinamento. Você mentiu, você só está me enrolando com promessas. Promessa dói. Esperança dói.

Não alcançava qual o contexto da conversa, mas sua frase produziu muito sentido.
Esperança dói!
Eu quase chorava junto. Ela estava coberta de sentimento mais do que coberta de razão.
Concordava com ela: não minta com esperanças. Minta com qualquer outro sentimento, menos com esperança. Não ofereça esperança se não acredita na relação.
Pense bem antes de falar, pense se realmente deseja cada verbo. Cuidado com aquilo que sonha em voz alta.
Todas as palavras são estrelas cadentes. Prometer é sério, prometer é se comprometer.
Não adianta dizer que só falou, alegar que não fez nada de errado e lavar as mãos no vento. Falar é fazer.
Entenda que a esperança é o que mais machuca. Não há maior …




 QUANTAS EMPRESAS ESTÃO REALMENTE PREPARADAS PARA O MEGA EVENTO NO PAÍS?

A COPA DO MUNDO NO BRASIL TROUXE GRANDES OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS, VISIBILIDADE INTERNACIONAL E AUMENTO DE FLUXO DE ESTRANGEIROS NO PAÍS. NO ENTANTO, A PERGUNTA É: QUANTAS EMPRESAS ESTARIAM REALMENTE PREPARADAS PARA AS OPORTUNIDADES DESTA ÉPOCA? QUANTAS ESTÃO COM UMA EQUIPE TREINADA, MOTIVADA, FALANDO INGLÊS, ESPANHOL?

AS EMPRESAS PRECISAM URGENTEMENTE OLHAR PARA DENTRO DE SUAS ÁREAS. ESCUTO MUITAS EMPRESAS DE DIVERSOS SEGMENTOS DIZENDO QUE AS VENDAS ESTÃO COMEÇANDO A RAREAR, QUE A ECONOMIA ESTÁ EM DECLÍNIO, E QUE DEPOIS DA COPA E ELEIÇÕES O BICHO VAI PEGAR, NO ENTANTO, ELES PODEM ATÉ ESTAR CERTOS, MAS O PONTO É: SE ACREDITAMOS NISSO NÃO TEREMOS MAIS GENTE VENDENDO E MENOS GENTE COMPRANDO? É AÍ QUE ESTÁ A QUESTÃO.

PENSANDO NISSO, CRIEI UMA ESPÉCIE DE ?CHECK-LIST? PARA AS EMPRESAS SE CERTIFICAREM DE QUE ESTÃO PREPARADAS PARA O MEGA EVENTO NO PAÍS. O CHECK-LIST POSSUI QUESTIONAMENTOS COMO: ?O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO PARA UM MERCADO MAIS COMPETITIVO??, ?O QUANTO VOCÊ ESTÁ TREINANDO, PREPARANDO, DESENVOLVENDO SUA EQUIPE??, ?O QUANTO VOCÊ ESTÁ EMPENHADO EM REALINHAR SEU PLANEJAMENTO PARA ADEQUAR SUAS ESTRATÉGIAS E SER MAIS EFICIENTE NAS AÇÕES??

EMPRESAS QUE INVESTEM SISTEMATICAMENTE NA CAPACITAÇÃO E




Carlos Julio

Em março de 2010, escrevi para o jornal Meio & Mensagem um artigo sobre os novos desafios dos profissionais de marketing. Desse texto, reproduzo, abaixo, um parágrafo.

Aposte também num aperfeiçoamento de operações e ações táticas de envolvimento de clientes consolidados e futuros. Preste atenção: hoje, as pessoas não são meros receptores, conforme os cânones da Semiologia. Aquele que compra também é emissor, meio e mensagem. E mais: pode ser colaborador ou destruidor.

Pois bem, as estratégias de marketing utilizadas na Copa do Mundo oferecem excelentes exemplos de erros e acertos.

Comecemos, brevemente, pelo erro. Num ambiente global multiconectado, os lesados e maltratados têm bocas e dedos para divulgar suas reclamações e arranhar a reputação das marcas.

Tratamos, por exemplo, do “P” de preço, um dos pilares do marketing. Há quem esteja praticando preços abusivos, nos mais diversos setores.

Não vamos delatar ninguém. Mas há hotéis, restaurantes e até camelôs cobrando muito mais caro dos “gringos”. Não é ético. Não é inteligente.

De alguma forma, as pessoas sempre percebem quando são enganadas. Esses oportunistas mancham a imagem do país. E, no médio prazo, perderão clientes e oportunidades.

Bons exemplos são encontrados nas ações de McDonald’s, Banco Itaú e Ambev, patrocinadores …




galinha...

Uma vez Abraham Lincoln se referiu a galinha como um dos animais mais sábios da criação pelo fato dela nunca cacarejar antes de colocar o ovo.

Você provavelmente está se perguntando o quê tem isso a ver com sabedoria.

Bem, existe uma boa razão e ela está relacionada com o poder de realizar os seus projetos pessoais. Muitas pessoas sabem que precisam fazer determinadas mudanças nas suas vidas.

De inicio elas ficam animadas e até conseguem atingir algum progresso em relação aos seus desejos, mas, em seguida, elas começam a diminuir a velocidade e voltam à estaca zero.
Por que isso acontece?

É como misturar um pequeno copo de água quente em um grande balde de água fria. A água fria domina e vence…
E o que seria essa água fria? A água fria é o que a maioria das pessoas ao seu redor lhe diz, as pessoas negativas e muitas fontes na sociedade e na mídia com notícias negativas…
É por isso que quando você está nos estágios iniciais de algum processo de criação, de um projeto profissional ou da mudança de algum hábito na sua vida,é melhor você manter tudo em segredo.
Por quê? Para proteger …




Organizações promovem Copa do Mundo para refugiados

Dia Mundial dos Refugiados será celebrado com um campeonato de oito seleções, formadas por grupos de estrangeiros, que, forçados a deixarem seus países, hoje vivem em São Paulo 

Por Vinicius Gomes

Nas últimas semanas, os aeroportos brasileiros estão cada vez mais repletos de faixas e cartazes onde se lê “Welcome to the World Cup 2014”, dando calorosas boas-vindas a todas as pessoas que vêm ao país do futebol e lhes lembrando de nossa famosa receptividade com os estrangeiros.

Durante os jogos, no entanto, uma data é celebrada para outro tipo de estrangeiros que vêm ao Brasil: o Dia Mundial dos Refugiados. Nos últimos tempos, o brasileiro passou cada vez mais a conviver com esse novo grupo de pessoas, principalmente nos grandes centros urbanos, vindos da América do Sul, do Oriente Médio e da África. Cada grupo de refugiados tem o seu motivo pessoal para deixar tudo para trás e vir ao Brasil começar do zero.

Para celebrar esta data, será realizada a Copa para Todo Mundo – a Copa do Mundo dos Refugiados. Serão 8 times com refugiados representando diferentes nacionalidades que, por motivos de guerra, perseguição política, religiosa e étnica, deixaram suas nações de origem e estão




Brasil é principal exemplo de sucesso na redução do desmatamento, aponta ONU

Relatório indica que o governo brasileiro reduziu o desmatamento na Amazônia por meio da criação de áreas de proteção ambiental a partir da segunda metade da década de 1990, com grande intensificação neste século

Por Danilo Macedo, da Agência Brasil

Um relatório divulgado nesta quinta-feira (5) na reunião da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre mudanças climáticas destacou o Brasil como exemplo de sucesso na redução do desmatamento e das emissões de gases de efeito estufa. Produzido pela Union of Concerned Scientists (UCS), com sede nos Estados Unidos, o documento, intitulado “Histórias de Sucesso no Âmbito do Desmatamento: Nações Tropicais Onde as Políticas de Proteção e Reflorestamento Deram Resultado”, traz um capítulo dedicado ao Brasil, apresentado como o país que fez as maiores reduções no desmatamento e nas emissões em todo o mundo.

Dezesseis países da África, América Latina e Ásia também são citados como exemplos de sucesso na proteção às florestas. O relatório indica que o governo brasileiro reduziu o desmatamento na Amazônia, a maior floresta tropical do mundo, por meio da criação de áreas de proteção ambiental a partir da segunda metade da década de 1990, com grande intensificação neste século, e as moratórias acordadas com empresas privadas




Carlos Julio

Em tempo de Copa do Mundo, este é um tema que, analisado à luz do esporte, serve também ao debate sobre a gestão das organizações.

Para quem não sabe, sou filho de portugueses e titular da cidadania lusitana. Portanto, acompanhei com especial interesse o esperado embate entre as seleções de Portugal e da Alemanha, na abertura do Grupo G.

Incomodado, assisti ao domínio germânico e à goleada de 4 x 0, construída, sobretudo, pelo implacável atacante Müller.

Do outro lado, vi um Cristiano Ronaldo de semblante carregado, sem muita sincronia com o resto do time, apenas uma sombra daquele futebolista considerado o melhor do mundo.

Evidentemente, é preciso lembrar que o craque não está no melhor de sua condição física, recuperando-se ainda de uma lesão.

No entanto, convém destacar que seu enorme talento não parece associado de modo construtivo às habilidades de seus pares, como os competentes Coentrão, Pepe e Nani.

Recentemente, em palestra que ministrei aos jogadores da Seleção Brasileira, tratei exatamente desta questão. Equipes vencedoras são capazes de somar e compatibilizar talentos.

Nelas, as habilidades individuais são valorizadas e estimuladas, mas compõem uma teia de associações complementares, em que o coletivo se capacita à conquista de resultados.

Para …




Por Evandro Éboli e Renato Onofre, O Globo

A guerra de acusações e ataques proferidos por postulantes à Presidência da República afastam os eleitores indecisos e podem até tirar votos daqueles que já escolheram o candidato, mas são contrários à radicalização do processo eleitoral. A avaliação feita por especialista ouvidos pelo GLOBO é que os ataques feitos nos últimos dias, tanto da oposição quanto do governo, são negativos à campanha.

No sábado, o senador Aécio Neves (PSDB) afirmou durante a convenção que homologou sua candidatura à Presidência que uma tsunami varreria o PT do Planalto. No mesmo evento, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou que o pais não quereria “mais os corruptos, os ladrões que ficam empulhando (o Estado)”.

 

Aécio Neves, Dilma Rousseff e Eduardo Campos.

 …





Feliz Dia Novo - Todos direitos reservados

Desenvolvido por CPC Informática